A beleza está ali

 Ao fazer o exercício da aula do A Foto Afeto – turma 5 (AFAV para os íntimos) mergulhei no meu acervo de fotos até me deparar com esta. A tarefa era escolher uma foto que considerasse a melhor que já tinha tirado. Não tinha certeza da escolha e pedi ajuda ao mestre. Escolhi na intuição, porém fui rever a apostila para entender o porque e reparei na mágica que acontece: a dobra no tempo capturando o momento, a sensação da história sendo contada por uma única imagem. Durante a aula, Pedro Fonseca disse que sentia a necessidade de ver ela em preto e branco e ela ficou ainda mais incrível.

Às vezes, a beleza está ali, escondida, esquecida; mas permanece ali.

Obrigada às 20 mulheres incríveis que estão neste curso junto comigo e ao mestre Pedro Fonseca por abrir meus olhos a beleza da vida.




Comentários